MUNDO VUCA, COMPLIANCE E PROPÓSITO – VOCÊ VAI OUVIR FALAR MUITO DISSO AINDA!

VUCA é o termo que descreve quatro características marcantes do momento atual: Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade. Apesar de o termo ter sido incorporado mais recentemente ao mundo corporativo, ele surgiu na década de 90 no ambiente militar. O U.S. Army War College utilizou esse conceito para explicar o mundo no contexto pós Guerra Fria. Mas ele também se aplica perfeitamente ao ambiente de negócios atual, o que gera novos desafios tanto para os profissionais quanto para as empresas.

Em um ambiente Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo, há que se ter em mente as habilidades necessárias para que as empresas e profissionais mantenham-se firmes no mercado.

Para tanto, começamos a ouvir, há algum tempo, termos como Compliance, Propósito, Resiliência, Flexibilidade, Multidisciplinaridade serem citados cada vez com mais frequência no ambiente empresarial, isso porque, a empresa ou profissional que mantiver seu foco exclusivamente na obtenção de lucro e resultados, no cenário atual, não terá chances, nem de alcançar referido objetivo, muito menos de manter-se dentro do “jogo corporativo”.

O mundo em que vivemos muda em uma velocidade nunca antes vista, referida volatilidade exige das empresas e profissionais que a integram uma capacidade de adaptação e agilidade nas respostas e atendimento às demandas que só se obtém quando há uma visão multidisciplinar do mercado em que está inserida, que aliada à Incerteza, Complexidade e Ambiguidade geram o cenário ideal para o grande mal das corporações atualmente: a falta de engajamento dos profissionais.

Isso ocorre, pois os novos profissionais que chegam ao mercado, ou os que ali já se encontram, cada dia mais sentem-se desconectados com seu ofício, são pessoas que nasceram e cresceram em um mundo VUCA cujo cenário corporativo e a educação não acompanhou a agilidade do desenvolvimento e seguiu na perseguição exclusiva do lucro e dos resultados, exatamente no modelo pós revolução industrial, esquecendo-se de levar em conta os fatores humanos dos quais referidos resultados dependem.

Surge então o conceito de Propósito Empresarial, neste momento algumas organizações, as que vem se destacando no mercado atual, passam a perceber que no neste novo mundo há que se ter um objetivo maior que o lucro – o qual via de regra só beneficia os sócios e acionistas – e alcançar também algo maior, algo que beneficie toda a sociedade: o Propósito, o qual passa a mover a empresa e seus colaboradores, gerando engajamento interno e externo, pois como dito, todo o mercado também vem sendo afetado pelas características do mundo VUCA.

Inicia-se então um círculo virtuoso, no qual as empresas passam a olhar para as necessidades e anseios do mercado, de seus colaboradores e da sociedade como um todo, entendendo-se como parte de um ecossistema que apesar da volatilidade, incerteza, ambiguidade e contradição é interligado e dependente.

Já o compliance pode-se dizer como indissociável da questão do propósito, pois não há como falarmos de propósito sem falarmos em integridade, ser íntegro, muito mais que ser ético, é manter alinhado seu diálogo a suas ações, assim, não há como falarmos em uma empresa que busca seu Propósito sem ser íntegra, se assim for, o discurso pelo discurso perde o valor e a força, quebrando um dos elos da engrenagem do citado círculo virtuoso do qual falamos.

Assim, caso ainda não tenha ouvido falar sobre Mundo VUCA, Compliance e Propósito, procure conhecer esses conceitos e usá-los a favor de seus negócios e organizações, pois ao que tudo indica esse é o único caminho a ser traçado por aqueles que desejem estar no mercado dentro do jogo corporativo.

Por: Beatriz Police

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>